Ministério de Publicações 88

PortugueseEnglishSpanish
Uma Bifurcação na estrada - Questões sobre Doutrinas - A divisão histórica do Adventismo de 1957
previous arrow
next arrow
Slider

Vídeo em Destaque

line-center

A Importância de 1888

Pr. Dennis Priebe

Culto realizado no Sacramento Central Seventh-day Adventist Church, USA.

Para mais materiais como esse clique no botão abaixo

1888 História

E MENSAGEM

A História

“Deus concedeu a Seus mensageiros exatamente aquilo de que o povo necessita.”

TM 91, 95.

“Penso que o irmão A. T. Jones deveria participar das nossas grandes reuniões campais, e conceder ao nosso povo e também aos de fora o precioso tema de fé e da justiça de Cristo. Há um dilúvio de luz neste tema.”

The Ellen G. White 1888 Materials, p. 291

A Mensagem

“Uma mensagem especial”, ” a mais preciosa mensagem”, “para ser dada ao mundo”, “para preparar um povo para permanecer no dia de Deus”, “os incomparáveis encantos de Cristo”

The Ellen G. White  - Materials, p. 43, 1336-1337,1814 e 348

“Vários me escreveram, indagando se a mensagem da justificação pela fé é a mensagem do terceiro anjo, e tenho respondido: É a mensagem do terceiro anjo, em verdade.”

The Review and Herald, 1 de Abril de 1890.

Livros em Destaque

line-center

“Durante a década de 1950, grandes mudanças teológicas ocorreram na compreensão adventista do sétimo dia sobre justiça pela fé e expiação de Cristo. Devido à nossa interação com os estudiosos evangélicos, fomos removidos da categoria de seita…

Traçando cuidadosamente o desenvolvimento da doutrina de Cristo dentro da Igreja Adventista do Sétimo Dia, defende que a glória da bem-sucedida missão de nosso Salvador neste mundo é aumentada, e não diminuída, pelo fato de que Ele triunfou, a despeito de ter assumido todas as desvantagens da carne pecaminosa…

Ao pensar na Faculdade e Hospital de Madison, inevitavelmente vem à mente o Dr. E. A. Sutherland, o qual desempenhou um papel de suma importância na construção desta instituição. Conheci o Dr. Sutherland em seus últimos anos e fiquei impressionado com ele, por ser um homem de Deus e um homem de atitude…

“Maior esforço deve ser feito para estender a circulação da nossa literatura a todas as partes do mundo. A advertência precisa ser dada em todas as terras e a todos os povos. Nossos livros precisam ser traduzidos e publicados em muitas línguas. Precisamos multiplicar as publicações sobre nossa fé em inglês, alemão, francês, dinamarquês, norueguês, sueco, espanhol, italiano, português e muitas outras línguas; e o povo de todas as nacionalidades deve ser iluminado e instruído, para que também eles se juntem na obra.”

Ellen G. White

Testemunhos para a Igreja 7 - pág. 160.2

“Deus quer que cada um de nós seja perfeito nEle, a fim de representarmos perante o mundo a perfeição de Seu caráter. Quer que estejamos isentos de pecado, para não desapontarmos o Céu, nem entristecermos o divino Redentor. Não quer Ele que professemos o cristianismo sem prevalecer-nos da graça que nos pode tornar perfeitos, e nada nos falte.”

The Bible Echo, 15 de Janeiro de 1892.

“Tende em mente que a vitória e a obediência de Cristo são as de um verdadeiro ser humano. Em nossas conclusões, cometemos muitos erros devido a nossas idéias errôneas acerca da natureza humana de nosso Senhor. Quando atribuímos a Sua natureza humana um poder que não é possível que o homem tenha em seus conflitos com Satanás, destruímos a inteireza de Sua humanidade. Ele concede Sua graça e poder imputados a todos os que O aceitam pela fé. A obediência de Cristo a Seu Pai era a mesma obediência que é requerida do homem.”

Ellen G. White

Mensagens Escolhidas 3 - pág. 139.4

“Tomou providências para que nos tornemos participantes da natureza divina, e nos assegura que podemos vencer como Ele venceu.

Sua vida testificou que com a ajuda
do mesmo poder divino que Cristo recebeu, é possível ao homem obedecer à lei de Deus.

Ellen G. White

Manuscrito 141, 1901.

“Ao recapitular a nossa história passada, havendo revisado cada passo de progresso até ao nosso nível atual, posso dizer: Louvado seja Deus! Ao ver o que o Senhor tem efetuado, encho-me de admiração e de confiança na liderança de Cristo. Nada temos a temer quanto ao futuro, a menos que esqueçamos a maneira em que o Senhor nos tem guiado, e Seu ensino em nossa história passada.”

Ellen G. White

Life Sketches - pág. 196.

“Jesus veio ao mundo para salvar pecadores, não em seus pecados, mas dos seus pecados, e santificá-los pela verdade; e para que Se possa tornar nosso perfeito Salvador, temos de entrar em união com Ele, mediante um pessoal ato de fé. Cristo nos escolheu, nós O escolhemos a Ele, e por esta escolha mútua tornamo-nos unidos a Ele, devendo daí por diante viver, não para nós mesmos, mas para Aquele que por nós morreu.” 

Ellen G. White

Para Conhecê-lo - pág. 359

“A energia criadora que trouxe à existência os mundos, está na Palavra de Deus. Essa Palavra comunica poder e gera vida. Cada ordenança é uma promessa; aceita voluntariamente, recebida na alma, traz consigo a vida do Ser infinito. Transforma a natureza, restaurando-a à imagem de Deus.”

Ellen G. White

Educação - pág. 126

“Conceda – se mais tempo à publicação e disseminação de livros que contenham a verdade presente. Que a atenção seja atraída para os livros que tratam da fé e da piedade práticas, bem como para os que apresentam as profecias.”

Ellen G. White

Testemunhos para a Igreja 7 - pág. 158.2

“Cristo foi tratado como nós merecíamos, para que pudéssemos receber o tratamento a que Ele tinha direito. Foi condenado pelos nossos pecados, nos quais não tinha participação, para que fôssemos justificados por Sua justiça, na qual não tínhamos parte. Sofreu a morte que nos cabia, para que recebêssemos a vida que a Ele pertencia. “Pelas Suas pisaduras fomos sarados”.

Ellen G. White

O Desejado de Todas as Nações - pág. 13.3

“…através da justiça imputada de Cristo, todo aquele que O recebe pela fé pode mostrar sua lealdade guardando a lei”.

Ellen G. White

Signs of the Times, 07-04-1898 - pág. 3, col. 1.

“E todo raio de luz recebido deve ser comunicado aos outros. Um interesse predominará, um assunto absorverá todos os outros — Cristo, Justiça nossa.”

Ellen G. White

Filhos e Filhas de Deus - 1956 - pág. 259

“Isso, porém, eu sei que nossas igrejas estão perecendo por falta de ensino sobre o assunto da justiça pela fé em Cristo e verdades semelhantes.”

Ellen G. White

Obreiros Evangélicos - pág. 301

“Os temas da justificação pela fé e da justiça de Cristo devem ser apresentados em nossas escolas, a fim de que os jovens e as crianças compreendam esses assuntos e os professores e alunos aprendam o caminho da salvação.”

Ellen G. White

Conselhos sobre Escola Sabatina - pág. 12

“…como nosso substituto e segurança, Ele pode vencer o príncipe das trevas em nosso favor, e fazer-nos vitoriosos através de Seus méritos”.

Ellen G. White

Review and Herald, 27-09- 1892 - pág. 610, col. 1.

“Depois da queda, Cristo foi o instrutor de Adão. Ele, atuou em lugar de Deus para com a humanidade, salvando a raça de uma morte imediata”.

Ellen G. White

Signs of the Times, 29-05- 1901.

“Devemos apropriar-nos destas promessas para nós mesmos de maneira que possamos vencer a incredulidade, e obter a vitória sobre cada tentação…”

Ellen G. White

Review and Herald, 08-05-1913 - pág. 436, col. 1.

“Deus nos provará uma e outra vez até que vençamos nossas tentações, ou nos entreguemos totalmente à nossa rebelião e obstinação”.

Ellen G. White

Review and Herald, 18-06-1889 - pág. 385, col. 2.

“Nossa justiça encontra-se na obediência à lei de Deus através dos méritos de Jesus Cristo”.

Review and Herald, 04-02-1890

pág. 65, col.2.

“A mensagem presente, a justificação pela fé é a mensagem de Deus… Não há um em cem, que compreenda a verdade bíblica sobre este tema, tão necessário para o nosso bem-estar presente e eterno.”

Ellen G. White

{Review and Herald, 3-9-1889}

“…tornando assim possível ao homem guardar os mandamentos de Deus através de Sua justiça imputada”.

Signs of the Times, 18-06-94 - pág. 509, col.

“Um anjo não teria sabido como simpatizar com o homem caído, mas… Jesus pôde ser tocado com todas as nossas enfermidades”.

Ellen G. White

Review and Herald, 01-10-1889.

“Infinitamente superior em tudo em relação a Boaz, e no entanto Ele se inclinou para casar-se com a raça caída”.

E. Farnsworth

Signs of the Times, 06-05-1897.

“A humanidade do Filho de Deus é tudo para nós. É a corrente de ouro que liga nossa alma a Cristo e por meio de Cristo a Deus. Isto deve constituir nosso estudo.”

Ellen G. White

Mensagens Escolhidas, vol. 1 - pág. 244

“O grande conflito terminou. Pecado e pecadores não mais existem. O Universo inteiro está purificado. Uma única palpitação de harmonioso júbilo vibra por toda a vasta criação. Daquele que tudo criou emanam vida, luz e alegria por todos os domínios do espaço infinito. Desde o minúsculo átomo até ao maior dos mundos, todas as coisas, animadas e inanimadas, em sua serena beleza e perfeito gozo, declaram que Deus é amor.”

Ellen G. White

O Grande Conflito - pág. 678

“…através dos méritos de Cristo podemos ser elevados para guardar os mandamentos de Deus”.

Review and Herald, 18-08-1891 - pág. 513, col. 2.

“Como o ramo tira sem cessar a seiva da videira viva, assim nos devemos apegar a Cristo, e dEle receber, pela fé, a força e perfeição de Seu próprio caráter.”

Ellen G. White

O Desejado de Todas as Nações - pág. 479.2

“Cristo veio para conceder ao homem poder moral, para o elevar, enobrecer e fortalecer, habilitando-o a ser participante da natureza divina, tendo escapado da corrupção que pela concupiscência há no mundo. Provou Ele aos habitantes dos mundos não caídos, e aos seres humanos, que a lei pode ser guardada.

Conquanto possuísse a natureza do homem, obedeceu Ele à lei de Deus, vindicando a justiça divina ao exigir que ela fosse obedecida. No juízo a Sua vida será um argumento irrefutável em favor da lei de Deus.”

LuC 34:1

Todos os que possuem a faculdade do raciocínio podem saber a medida do seu dever. Cristo é nosso Modelo. “Revestido de humanidade, viveu Ele uma vida imaculada.

Era misericordioso, compassivo, obediente — cheio de bondade e verdade. Por Sua vida de obediência, deu uma verdadeira representação da lei. Unindo-se a Cristo, os caídos e pecaminosos seres humanos podem harmonizar a vida aos preceitos divinos. Guardando os mandamentos de Deus, tornam-se obreiros dAquele que veio ao mundo para representar o Pai mediante o guardar todos os Seus mandamentos.”

Ellen G. White

Manuscrito 48, 1893

“Cristo é nosso exemplo em todas as coisas. Em resposta à Sua oração ao Pai, o Céu foi aberto, e o Espírito desceu como pomba e pousou sobre Ele.

O Santo Espírito de Deus deve Se comunicar com homens e mulheres e habitar no coração do obediente e fiel. Luz e poder virão àqueles que sinceramente os buscam a fim de que possam ter sabedoria para resistir a Satanás, e para ser vitoriosos em momentos de tentação. Nós devemos vencer da mesma forma que Cristo venceu.” 

Ellen G. White

Jesus, Meu Modelo - pág. 9

“Recebemos a Cristo por meio de Sua Palavra; e o Espírito Santo é dado a fim de esclarecer a Palavra ao nosso entendimento, impressionando-nos o coração com suas verdades.

Devemos orar, dia a dia para que, ao lermos Sua Palavra, Deus envie Seu Espírito a fim de nos revelar a verdade que nos fortalecerá a alma para a necessidade do dia.” 

Ellen G. White

Jesus, Meu Modelo - pág. 11

“Nosso precioso Salvador está à nossa disposição hoje. NEle se centraliza nossa esperança de vida eterna. Ele é Aquele que apresenta nossas petições ao Pai, e nos comunica a bênção pela qual suplicamos.”

Ellen G. White

The Signs of the Times, 18 de Junho de 1896

“O Salvador veio ao mundo para trazer a toda alma provada e tentada, força para
vencer assim como Ele venceu. Eu conheço o poder da tentação; sei dos perigos que se
acham no caminho; mas sei, também, que para os que estão lutando contra a tentação,
acha-se provido poder bastante para qualquer emergência.” 

Ellen G. White

Mensagem aos Jovens - pág. 81.

“Tão plenamente estava Cristo submetido à vontade de Deus, que unicamente o Pai
aparecia em Sua vida. Embora tentado em todos os pontos como nós, manteve-Se diante
do mundo imaculado do mal que O rodeava. Assim também nós devemos vencer como
Cristo venceu.” 

Ellen G. White

O Desejado de Todas as Nações - pág. 270.1.

“Nossa juventude quer mães que lhes ensinem desde o berço a controlar as paixões…”.

Ellen G. White

Testemunhos para a Igreja (Vol. 3) - pág. 564-565

“… Cristo tomou sobre Si as enfermidades da humanidade degenerada”.

Ellen G. White

Signs of the Times, 03-12-1902.

“A mente que necessita se robustecer é enfraquecida, perdendo o poder de estudar as
grandes verdades relacionadas com a missão e obra de Cristo verdades que
revigorariam a mente, despertariam a imaginação, ateando um forte e fervoroso desejo
de vencer assim como Cristo venceu.” 

Ellen G. White

Conselhos para a Igreja - pág. 171.3

“Ele tomou sobre Si nossa natureza pecaminosa”.

Ellen G. White

Review and Herald, 15-12- 1896.

“Todos os que querem viver vida piedosa podem vencer, como Cristo venceu, pelo
sangue do Cordeiro, e pela palavra de seu testemunho.”

Ellen G. White

Carta 158, 1909.

“Ele, testifica que através da Sua justiça imputada o crente pode obedecer aos mandamentos de Deus”.

Ellen G. White

Signs of the Times, 16-01-1896 - pág. 5, col.3.

“Cristo em realidade uniu a natureza ofensiva do homem com a Sua própria natureza sem pecado”.

Ellen G. White

Review and Herald, 17-07-1900.

“Quando o homem pecador discernir o inexprimível amor de Deus em dar Seu Filho
para morrer sobre a cruz, poderá compreender melhor a infinita vantagem de vencer
como Cristo venceu. Compreenderemos que será uma eterna perda ganharmos todo o
mundo, com todos os seus prazeres e glória, e contudo perdermos a alma. O Céu é muito
barato, a qualquer custo.” 

Ellen G. White

No Deserto da Tentação - pág. 94.1

“Nós devemos ter como alvo essa perfeição, e vencer como Ele venceu, se é que
queremos ter assento a Sua mão direita.” 

Ellen G. White

Testimonies for the Church ,3:336 (1873)

“Cristo é nosso Modelo. Ele era manso e humilde. Aprenda dEle e imite-Lhe o exemplo.
O Filho de Deus era sem defeito. Nós devemos ter como alvo essa perfeição, e vencer
como Ele venceu, se é que queremos ter assento à Sua mão direita.” 

Ellen G. White

Testemunhos para a Igreja (Vol. 3) - pág. 336.1

“O Salvador do mundo venceu Satanás no deserto da tentação. Venceu para mostrar
ao homem como ele pode vencer.

Ele anunciou na sinagoga de Nazaré: “O Espírito do
Senhor é sobre Mim, pois que Me ungiu para evangelizar os pobres, enviou-Me a curar os
quebrantados do coração, a apregoar liberdade aos cativos, a dar vista aos cegos, a pôr
em liberdade os oprimidos, a anunciar o ano aceitável do Senhor.”

Ellen G. White

Lucas 4:18, 19.”, T3 388.2

“Como vencedor, deu-nos o benefício de Sua vitória, para que em nossos esforços
para resistir às tentações de Satanás unamos nossa fraqueza à Sua força, nossa
indignidade a Seus méritos. E, amparados em meio da forte tentação por Sua infalível
força, é-nos dado resistir em Seu todo-poderoso nome e vencer como Ele venceu.” 

Ellen G. White

Testemunhos para a Igreja (Vol. 3) - pág. 480.2

“… Nos faz vitoriosos através de Seus méritos”.

Review and Herald, 27-02-1892

pág. 610, col. 1.

“Aprenda de Cristo. Suporte a adversidade como bom soldado de Jesus Cristo, vença
as tentações de Satanás como Ele venceu, e prevaleça como vitorioso sobre todos os
seus defeitos de caráter.” 

Ellen G. White

Testemunhos para a Igreja (Vol. 4) - pág. 38.3

“Em Cristo habitava corporalmente toda a plenitude da divindade. Isto porque, apesar
de tentado em todos os pontos como nós, Ele permaneceu perante o mundo, desde que
nele entrou, imaculado pela corrupção, embora dela rodeado. Não devemos também nós
tornar-nos participantes dessa plenitude, e não será assim, e assim tão- somente que
poderemos vencer como Ele venceu?”

Ellen G. White

Manuscrito 16, 1890.

“Assim como Jesus era na carne humana, assim Deus quer que sejam Seus seguidores”.

Ellen G. White

Signs of the Times, 01-04-1897.

“Como nosso penhor, Ele venceu, tornando assim possível ao homem vencer em Seu
nome. “Ao vencer lhe concederei que se assente comigo no Meu trono; assim como Eu
venci e Me assentei com Meu Pai no Seu trono.”

Ellen G. White

The Review and Herald, 19 de Abril de 1887.

“Temos uma superabundância de sermões, mas precisamos aprender a receber a Palavra.” 

Ellen G. White

Testemunhos para Ministros e Obreiros Evangélicos - pág. 346.1

“As grandes tentações principais de que o homem seria assediado, Cristo as
enfrentou e venceu no deserto. O sair Ele vitorioso sobre o apetite, a presunção e o
mundo, indicam como podemos vencer.” 

Ellen G. White

Nossa Alta Vocação - pág. 88.4

“Ele condescendeu… em tomar sobre Si mesmo a natureza humana caída”.

C.T. Ellingston

Review and Herald, 29-12-1910.

“O Salvador venceu para mostrar ao homem como ele pode vencer. Todas as
tentações de Satanás, Cristo enfrentava com a Palavra de Deus. Confiando nas
promessas divinas, recebia poder para obedecer aos mandamentos de Deus, e o
tentador não podia alcançar vantagem.” 

Ellen G. White

A Ciência do Bom Viver - pág. 181.

“Os cristãos genuínos terão uma experiência semelhante à de Cristo no deserto da
tentação, especialmente aqueles que se empenham em resgatar pessoas das ciladas de
Satanás. Enfrentarão os assaltos do inimigo de toda justiça; e assim como Cristo venceu,
possam eles vencer mediante a Sua graça.”

Ellen G. White

Cristo Triunfante - pág. 229.5

“Os homens de energia são aqueles que sofreram a oposição, o escárnio e os obstáculos. Pondo suas energias em ação, os obstáculos que encontram constituem para eles positivas bênçãos.” 

Ellen G. White

A Ciência do Bom Viver - pág. 500.

“Os líderes do trabalho na Escola de Madison são cooperadores de Deus” 

Ellen G. White

Special Testimonies, Série B, Vol. 11, pág. 32.

“Todas as propensões animais tem que ser sujeitas aos poderes superiores da alma”.

Ellen G. White

O Lar Adventista - pág.128.

“Devem ser editadas publicações, escritas na linguagem mais clara e simples, explicando os assuntos de vital interesse, e tornando conhecidas as coisas que sobrevirão ao mundo.” 

The Home Missionary, 1 de Fevereiro de 1890.

“Ele estava sujeito às debilidades da humanidade”.

Ellen G. White

Signs of the Times, 22- 04-1897.

“A primeira e a segunda mensagens foram transmitidas em 1843 e 1844, e estamos agora sob a proclamação da terceira, mas todas as três mensagens ainda devem ser proclamadas. … Devemos transmitir estas mensagens ao mundo em publicações, em palestras, mostrando na seqüência da história profética o que passou-o que está para vir.”

Counsels to Writers and Editors, 26-27.

“A verdade deve ser dita sem rebuços, em folhas soltas e brochuras, e estas, espalhadas como folhas de outono.”

Ellen G. White

Testemunhos Seletos 3 - pág. 394.

“Far-nos-ia bem passar diariamente uma hora a refletir sobre a vida de Jesus. Deveremos tomá-la ponto por ponto, e deixar que a imaginação se apodere de cada cena, especialmente as finais.”

Ellen G. White

O Desejado de Todas as Nações - pág. 83.

“Cristo, e Ele crucificado, eis o que deve constituir o tema de nossas meditações, de nossas conversas, e de nossas mais gratas emoções.”

Ellen G. White

Caminho a Cristo - pág. 103-104.

“Pois bem, Enoque era um representante daqueles que estarão sobre a Terra quando Cristo vier, e que serão trasladados ao Céu sem provar a morte.”

Sermons and Talks, 32.

“Ao ver as pessoas indo apressadamente de um lado para outro, em nossas cidades, tenho-me perguntado se elas já pensaram no dia de Deus que está precisamente à nossa frente. Cada um de nós deve estar vivendo em função do grande dia que não tardará a vir sobre nós.”

Sermons and Talks, 25

“Não nos podemos permitir viver sem nos referirmos ao dia do juízo; pois ainda que muito retardado, está agora próximo, mesmo às portas e se apressa muito. Breve a trombeta do arcanjo fará estremecer os vivos e despertará os mortos.”

Ellen G. White

Orientação da Criança - pág. 560-561.

“As necessidades da Causa aumentarão continuamente à medida que nos formos aproximando do fim do tempo.”

Ellen G. White

Testemunhos para a Igreja 5 - pág. 156.

“Desejo dizer-vos que em breve nenhuma obra será realizada pelo plano ministerial senão a obra médico-missionária.”

Ellen G. White

Conselhos sobre Saúde - pág. 533.

“Foi-me mostrado que a reforma de saúde é uma parte da mensagem do terceiro anjo e está tão intimamente ligada a ela como o braço e a mão ao corpo humano.”

Ellen G. White

Testemunhos para a Igreja 1 - pág. 486.

“A verdadeira temperança nos ensina a dispensar inteiramente todas as coisas nocivas, e usar judiciosamente aquilo que é saudável.”

Ellen G. White

Patriarcas e Profetas - pág. 562.

“Ar puro, luz solar, abstinência, repouso, exercício, regime conveniente, uso de água e confiança no poder divino — eis os verdadeiros remédios.”

Ellen G. White

A Ciência do Bom Viver - pág. 127.

“Tudo quanto prejudica a saúde, não somente diminui o vigor físico, como tende a enfraquecer as faculdades mentais e morais. A condescendência com qualquer prática nociva à saúde, torna mais difícil a uma pessoa o discernir entre o bem e o mal, e daí mais difícil resistir ao mal.”

Ellen G. White

A Ciência do Bom Viver - pág. 128.

“À noitinha e pela manhã uni-vos aos vossos filhos no culto de Deus, lendo Sua palavra e cantando Seu louvor. Ensinai-os a repetir a lei de Deus.”

Ellen G. White

Evangelismo - pág. 499.

“Escolha o pai um trecho das Escrituras que seja interessante e facilmente compreendido; alguns versos serão suficientes para dar uma lição que possa ser estudada e praticada durante todo o dia. Podem-se fazer perguntas. Podem-se fazer declarações interessantes. Ou pode ser apresentado, à guisa de ilustração, algum incidente curto e ao ponto. Podem ser cantadas, pelo menos algumas estrofes de cânticos animados; e a oração feita deve ser curta e ao ponto. O que dirige a oração não deve orar a respeito de todas as coisas, antes deve exprimir suas necessidades com palavras simples e louvar a Deus com ações de graças.”

Ellen G. White

Orientação da Criança - pág. 521-522.

“Os que estão aguardando e esperando o aparecimento de Cristo nas nuvens do Céu não se misturarão com o mundo em sociedades e reuniões de divertimento, meramente para seu próprio deleite.”

Ellen G. White

Manuscrito 4, 1898.

“Obrigar-nos por contratos ou em sociedades ou associações comerciais com os que não pertencem a nossa fé, não está de acordo com o plano de Deus.”

The Review and Herald, 4 de Agosto de 1904.

“Devemos unir-nos a outras pessoas, uma vez que não sacrifiquemos princípios. Isto não quer dizer que nos unamos a suas lojas e sociedades, mas que os deixemos saber que temos sincera simpatia com a questão da temperança.”

Ellen G. White

Temperança - pág. 220.

“É privilégio e dever dos cristãos procurar refrigerar o espírito e revigorar o corpo mediante inocente recreação, com o intuito de empregar as energias físicas e mentais para a glória de Deus.”

Ellen G. White

Mensagens aos Jovens - pág. 364.

“Os cristãos têm ao seu dispor muitas fontes de felicidade, e podem dizer com infalível certeza quais são os prazeres lícitos e corretos. Podem gozar de recreações que não dissipem a mente ou aviltem a alma, não iludam nem deixem após si triste influência que destrua o respeito próprio ou impeça o caminho da utilidade. Caso possam levar consigo a Jesus e manter-se em espírito de oração, estão perfeitamente salvaguardados.”

Ellen G. White

Mensagens aos Jovens - pág. 38.

“Toda recreação em que vos puderdes empenhar pedindo sobre ela, com fé, a bênção de Deus, não será perigosa. Mas todo divertimento que vos torna inaptos para a oração particular, para a devoção no altar da oração, ou para tomar parte nas reuniões de oração, não é seguro, mas perigoso.”

Ellen G. White

Mensagens aos Jovens - pág. 386.

“Assim como os filhos de Israel, jornadeando pelo deserto, suavizavam pela música de cânticos sagrados a sua viagem, Deus ordena a Seus filhos hoje que alegrem a sua vida peregrina. Poucos meios há mais eficientes para fixar Suas palavras na memória do que repeti-las em cânticos. E tal cântico tem maravilhoso poder. Tem poder para subjugar as naturezas rudes e incultas; poder para suscitar pensamentos e despertar simpatia, para promover a harmonia de ação e banir a tristeza e os maus pressentimentos, os quais destroem o ânimo e debilitam o esforço.”

Ellen G. White

Educação, 167-168.

“A música faz parte do culto de Deus, nas cortes celestiais, e devemos esforçar-nos, em nossos cânticos de louvor, por nos aproximar tanto quanto possível da harmonia dos coros celestiais. … O cântico, como parte do culto religioso, é um ato de adoração, tanto como a prece.”

Ellen G. White

Patriarcas e Profetas - pág. 594.

“Saí das cidades o mais depressa possível, e comprai um pequeno trato de terra, onde possais ter um jardim, em que vossos filhos possam ver as flores crescerem e delas aprenderem lições de simplicidade e pureza.”

Ellen G. White

Mensagens Escolhidas - Volume 2 - pág. 356.

“Pais e mães que possuem um pedaço de terra e um lar confortável são reis e rainhas.”

Ellen G. White

O Lar Adventista - pág. 141.

“Eis que o lavrador espera o precioso fruto da terra, aguardando-o com paciência, até que receba a chuva temporã e serôdia.”

Tiago 5:7.

Assim deve o cristão aguardar com paciência a frutificação da Palavra de Deus em sua vida. Muitas vezes Deus nos atende as orações, quando Lhe pedimos as graças do Espírito, levando-nos a circunstâncias que desenvolvem estes frutos; mas não compreendemos Seu propósito, assombramo-nos e desanimamos. Mas ninguém pode desenvolver estas graças, a não ser pelo processo de crescimento e frutificação. Nossa parte é receber a Palavra de Deus e conservá-la, rendendo-nos inteiramente à sua direção, e será realizado em nós seu propósito.”

Ellen G. White

Parábolas de Jesus - pág. 25

“Orem a Deus. Comunguem com Ele. Provem a própria mente de Deus, como aqueles que estão esforçando-se por obter a vida eterna, e que devem ter o conhecimento de Sua vontade. Vocês podem revelar a verdade apenas como a conhecem em Cristo. Devem receber e assimilar Suas palavras; elas devem tornar-se parte de vocês mesmos. Isto é o que significa comer a carne e beber o sangue do Filho de Deus. Devem viver de toda palavra que sai da boca de Deus; a saber, o que Deus revelou. Nem tudo foi revelado; não poderíamos suportar tal revelação. Deus, porém, revelou tudo o que é necessário para nossa salvação. Não devemos deixar Sua Palavra pelas suposições dos homens.”

Ellen G. White

Jesus Meu Modelo - pág. 105.3

“Orai a Deus. Comungai com Ele. Provai a própria mente de Deus, como aqueles que estão porfiando pela vida eterna, e que devem ter o conhecimento de Sua vontade. Podeis revelar a verdade apenas como a conheceis em Cristo. Deveis receber e assimilar Suas palavras; elas devem tornar-se parte de vós mesmos. Isto é o significa comer a carne e beber o sangue do Filho de Deus. Deveis viver de toda palavra que sai da boca de Deus; a saber, o que Deus revelou. Nem tudo foi revelado; não poderíamos suportar tal revelação. Deus, porém, revelou tudo o que é necessário para nossa salvação. Não devemos deixar Sua Palavra pelas suposições dos homens.”

Ellen G. White

Conselhos Sobre Saúde - pág. 371.1

“É por meio da Palavra — não de sentimentos ou de exaltação — que precisamos influenciar as pessoas a obedecer à verdade. Podemos permanecer em segurança sobre a plataforma da Palavra de Deus.”

Ellen G. White

Mensagens Escolhidas 3 - pág. 375

“Nenhum coração renovado poderá ser conservado em estado de aprazibilidade sem a aplicação diária do sal da Palavra. A graça divina deve ser diariamente recebida, do contrário homem algum permanecerá convertido.”

Ellen G. White

Nossa Alta Vocação - pág. 213

“Seja a vossa fé consubstanciada pela Palavra de Deus. Agarrai firmemente o testemunho vivo da verdade. Tende fé em Cristo como Salvador pessoal. Ele tem sido e será sempre a nossa Rocha dos Séculos.”

Evangelismo, 362

“Os cristãos devem estar-se preparando para aquilo que logo irá cair sobre o mundo como terrível surpresa, e esta preparação deve ser feita mediante diligente estudo da Palavra de Deus e pelo levar a vida em conformidade com o seus preceitos.”

O Grande Conflito, 593.

Profetas e Reis - pág. 626.

“Pessoa alguma, a não ser os que fortaleceram o espírito com as verdades da Escritura, poderá resistir no último grande conflito.”

Ellen G. White

O Grande Conflito - pág. 593.

“Apenas os que forem diligentes estudantes das Escrituras e receberem o amor da verdade, estarão ao abrigo dos poderosos enganos que dominam o mundo.”

Ellen G. White

O Grande Conflito - pág. 625.
Fechar Menu
Facebook - Ministério de Publicações 88
Facebook - Ministério de Publicações 88
YouTube - Ministério de Publicações 88
YouTube - Ministério de Publicações 88